Show simple item record

dc.contributor.advisorOliveira, Glaucimara Pires
dc.creatorRamos, Daniele Begueristain
dc.date.accessioned2019-05-14T16:23:39Z
dc.date.available2019-05-14T16:23:39Z
dc.date.issued2018-12-13
dc.date.submitted2018
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/16561
dc.descriptionTCC de Graduaçãopor
dc.description.abstractThis work is a research presented to the discipline of Professional Research Development of the Special Education Course CE/UFSM. The aim of this study is to verify if non-verbal language stimulation enhances the acquisition of speech in children with Down Syndrome. Down Syndrome is a genetic alteration in chromosome 21, children with these characteristics present a significant delay in development, which also occurs with oral language, requiring stimulation of targeted and focused work. Early childhood is a stage of extreme importance in the development of the child, in which verbal and nonverbal language develops. The methodology was based on bibliographical research, based on literatures, involving non-verbal language, children with Down Syndrome and Early Childhood Education. The results indicate that the stimulation of the nonverbal language of children with Down Syndrome helps in the acquisition of verbal language, especially in speech.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Embargadopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectEducação Especialpor
dc.subjectLinguagem não verbalpor
dc.subjectSíndrome de Downpor
dc.subjectSpecial Educationeng
dc.subjectNonverbal languageeng
dc.subjectDown syndromeeng
dc.titleLinguagem não verbal em crianças com síndrome de downpor
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Graduaçãopor
dc.degree.localSanta Mariapor
dc.degree.graduationCurso de Licenciatura em Educação Especial Noturnopor
dc.description.resumoEste trabalho é uma investigação apresentada à disciplina de Desenvolvimento de Pesquisa Profissional do Curso de Educação Especial/ CE/UFSM. Tem como objetivo verificar se a estimulação da linguagem não verbal potencializa a aquisição da fala em crianças com Síndrome de Down. A Síndrome de Down é uma alteração genética no cromossoma vinte e um, crianças com estas características apresentam um atraso significativo no desenvolvimento, o que ocorre também com a linguagem oral, necessitando de estimulação a partir de um trabalho orientado e direcionado. A primeira infância é uma etapa de extrema importância no desenvolvimento da criança, em que a linguagem se desenvolve, tanto verbal quanto não verbal. A metodologia embasou-se na pesquisa bibliográfica, a partir de literaturas, que envolvam a, linguagem não verbal, crianças com Síndrome de Down e Educação Infantil. Os resultados sinalizam a estimulação da linguagem não verbal das crianças com Síndrome de Down, auxilia para a aquisição da linguagem verbal, principalmente da fala.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO ESPECIALpor
dc.publisher.unidadeCentro de Educaçãopor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Embargado
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Embargado

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.