Show simple item record

dc.contributor.advisorAntunes, Mara Rubia
dc.creatorSoldateli, Letícia
dc.date.accessioned2019-06-03T11:34:00Z
dc.date.available2019-06-03T11:34:00Z
dc.date.issued2009-01-19
dc.date.submitted2009
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/16715
dc.descriptionArtigo (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Física e Desportos, Curso de Especialização em Educação Física Escolar, RS, 2010.por
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectInclusãopor
dc.subjectEscolapor
dc.subjectEducação especialpor
dc.subjectEducação físicapor
dc.subjectCorpopor
dc.titleO corpo e a relação com o mundo: a educação física e as pessoas com necessidades educacionais especiaispor
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationEducação Física Escolarpor
dc.description.resumoO corpo é expressão, é sentimento, é vida, através dele mostramos o que somos. A nossa relação com o mundo se dá através do corpo. Esse aspecto nos faz pensar na união de duas áreas de conhecimento: Educação Especial e Educação Física, como possíveis e transformadoras, buscando um refletir e repensar a educação, com pensamentos sobre diversidade, diferente, inclusão, dentre outros aspectos. E, assim, nos tornamos impulsionados a buscar, encontrar respostas para os nossos questionamentos, e um deles é o tema deste estudo: o corpo de alunos com necessidades educacionais especiais como meio de relacionamento com o mundo. Pretende-se com este estudo, mostrar como professores de Educação Física trabalham o corpo de alunos com necessidades educacionais especiais como meio de relacionamento com o mundo. Esta pesquisa caracteriza-se como Estudo de caso, dentro de uma abordagem qualitativa, a entrevistada foi 01 professora de Educação Física, que desenvolve suas atividades com os alunos com necessidades educacionais especiais, de uma escola da rede pública no município de Balneário Camboriú/SC/Brasil. Teve-se como encaminhamentos metodológicos: identificação das escolas que possuem alunos com necessidades educacionais especiais que participam das aulas de Educação Física; aplicação da entrevista semi-estruturada com a professora que trabalha com os alunos com necessidades educacionais especiais, transcrição e análise dos dados. Pensar no trabalho do corpo com os alunos com necessidades educacionais especiais como meio de relacionamento com o mundo é essencial e extremamente importante, é uma maneira de repensar a educação e tentar driblar aquilo que o mercado impõe. Aprender a conviver com a diversidade e valorizá-la é fundamental, é fazer uma leitura com olhos de quem aceita o mundo com as diversas diferenças, as quais brotam da individualidade do ser humano, é ajudar a construir um mundo novo, Gaio (2006). Não aceitar a diferença, não reconhecê-la e não fazer dela instrumento de construção, crescimento social e igualdade entre pessoas. É preciso pensar na aceitação da diferença, reconhecer a diferença, fazer dela um instrumento de construção, crescimento social e igualdade entre pessoas. O que for feito nos dias de hoje em nome da questão da deficiência terá significados no mundo de amanhã.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICApor
dc.publisher.unidadeCentro de Educação Física e Desportospor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.