Show simple item record

dc.contributor.advisorSaccol, Michele Forgiarini
dc.creatorPolachini, Carla Roberta Nunes
dc.date.accessioned2019-09-13T11:34:38Z
dc.date.available2019-09-13T11:34:38Z
dc.date.issued2019-08-16
dc.date.submitted2019
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/18224
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências da Saúde, Curso de Especialização em Reabilitação Físico-Motora, RS, 2019.por
dc.description.abstractSkin ulcers are a public health problem due to the high risk of infections and treatment costs, as well as prolonged and recurrent hospitalizations besides physical, social and labor disabilities. These wounds can result in functional limitations that compromise the productivity and quality of life of affected individuals, and even their relatives and caregivers. Faced with the problematic that cutaneous ulcers bring on health, the therapies that help these people are of great value. Some electrothermophototherapeutic resources used in physical therapy are pointed to as a form of treatment. In this scenario, the aim of this study was to investigate the effects of low-level laser therapy and microcurrent, isolated and associated, on repair healing as well as quality of life of individuals with skin ulcers of different etiologies. Quasi-experimental study was based on the application of two electrothermophototherapeutic resources. This sample consisted of 9 patients who were treated for dressings from the Federal University of Santa Maria Hospital (Ambulatory B of Nursing) due to the presence of open lesions in the last five years. To perform the research, the patients were randomly allocated to three groups: Laser Group (GL, n = 3): treated with low-level red laser; Microcurrent group (GM, n = 3): treated with microcurrent; Laser and Microcurrent group (GLM, n = 3): treated with low-level red laser associated with microcurrent. All patients were submitted to a data collection and evaluation of tactile sensitivity (esthesiometer), pain level by Visual Analog Scale (VAS) and quality of life using the WHOQOL-bref questionnaire; besides to make the record with ruler and photogrammetry to measure ulcer in centimeters followed by laser or microcurrent application. The protocol of the photobiostimulation or electric current or both was applied in patients. They were evaluated again with the same instruments in the 10th and 15th intervention. We evidenced a significant reduction in length as well as width of cutaneous ulcer in the 15th intervention. In this context, the wound area presented a significant reduction in the 15th intervention. In addition, there was improvement in quality of life of the patients already as from 10th session (p <0.05). In conclusion, the use of photobiostimulation and microcurrent applied alone and combined optimized the tissue repair of skin ulcers of various etiologies and, consequently, to provide a better quality of life for patients as well as to reduce in the wound area by improvement in healing. Taken together, these findings contribute to a better the therapeutic in benefit of the quality of life of skin ulcers individuals.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectÚlceras cutâneaspor
dc.subjectModalidades de fisioterapiapor
dc.subjectTerapia com luz de baixa intensidadepor
dc.subjectEstimulação elétricapor
dc.subjectCicatrizaçãopor
dc.subjectSkin ulcereng
dc.subjectPhysical therapy modalitieseng
dc.subjectLow-level light therapyeng
dc.subjectElectric stimulationeng
dc.subjectWound healingeng
dc.titleEfeitos de intervenções da fisioterapia com fotobioestimulação e microcorrente na cicatrização e qualidade de vida de indivíduos com úlceras cutâneas: terapias isoladas e associadaspor
dc.title.alternativeEffects of interventions of physiotherapy with photobiostimulation and microcurrent in wound healing and quality of life of individuals with skin ulcers: isolated and associated therapieseng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationReabilitação Físico-Motorapor
dc.description.resumoAs úlceras cutâneas configuram-se como um problema de saúde pública pelo alto risco de infecções e custos com seus tratamentos, bem como pelas internações prolongadas e recorrentes, além das incapacitações físicas, sociais e laborais. Essas feridas podem resultar em limitações funcionais que comprometem a produtividade e a qualidade de vida dos indivíduos acometidos, e até mesmo de seus familiares e acompanhantes. Diante da problemática que as úlceras cutâneas trazem à saúde, terapias que venham a auxiliar essas pessoas são de grande valia. Alguns recursos eletrotermofototerapêuticos utilizados na fisioterapia são apontados como uma forma de tratamento. Neste cenário, este estudo tem o objetivo de investigar o efeito do laser de baixa potência e da microcorrente, isolados e associadas, no reparo cicatricial bem como na qualidade de vida de indivíduos com úlceras cutâneas de diferentes etiologias. Estudo quase-experimental baseado na aplicação de dois recursos eletrotermofototerapêuticos, constituído por uma amostra de 9 pacientes que estavam em atendimento para realização de curativos no Hospital Universitário de Santa Maria (Ambulatório B da Enfermagem) devido a presença de lesões abertas, ocorrida nos últimos cinco anos. Para execução da pesquisa os pacientes foram alocados em três grupos de forma aleatória: Grupo Laser (GL, n=3): tratados com laser de baixa potência vermelho; grupo Microcorrente (GM, n=3): tratados com microcorrente; grupo Laser e Microcorrente (GLM, n=3): tratados com laser de baixa potência vermelho associado a microcorrente. Todos foram submetidos a uma coleta de dados e avaliações da sensibilidade tátil (estesiômetro), nível de dor pela Escala Visual Analógica (EVA) e qualidade de vida utilizando-se o questionário WHOQOL-bref, além de registro com régua e fotogrametria para mensuração da úlcera em centímetros seguido de aplicação do laser ou microcorrente. Aplicado o protocolo de fotobioestimulação ou corrente elétrica ou ambos os pacientes foram reavaliados pelos mesmos instrumentos na 10ª e 15ª intervenção. Pode ser constatado uma redução significativa no comprimento da úlcera cutânea, bem como na largura na 15ª intervenção. Nesse contexto, a área da ferida apresentou uma significante redução na 15ª intervenção. Além disso, houve melhora na qualidade de vida dos pacientes já a partir da 10ª sessão (p<0,05). Conclui-se que o uso da fotobioestimulação e da microcorrente aplicados de forma isolada e associada otimizaram o reparo tecidual das úlceras cutâneas de diversas etiologias promovendo uma redução na área da ferida com consequente melhora na cicatrização e na qualidade de vida dos pacientes. Juntos esses achados contribuem para aprimorar a terapêutica em benefício da qualidade de vida dos indivíduos com úlceras cutâneas.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDEpor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências da Saúdepor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.