Show simple item record

dc.contributor.advisorMadruga, Lúcia Rejane da Rosa Gama
dc.creatorSantos, Sergio Amorim dos
dc.date.accessioned2019-10-09T13:31:39Z
dc.date.available2019-10-09T13:31:39Z
dc.date.issued2012-12-14
dc.date.submitted2012
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/18526
dc.descriptionArtigo (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Curso de Especialização em Gestão Pública, EaD, RS, 2012.por
dc.description.abstractThe Commission on Roles and Positions Public office are required by law, of free appointment and dismissal, occupied majority by public employees belonging to the framework of the federal judiciary. The aim of this study was to formulate a critical analysis of calls FC's and CJ's, in particular on how discretionary access to them and their relationship with the cultural aspects of the organ, with the motivation and career satisfaction of justice; with people management and power relations, with the work processes and management functions, with the impersonality and the public interest in a democratic state. Aanalysing of the phenomena studied, we conclude be facing a system that does not favor the functional motivation and satisfaction, which strengthens authoritarian relations of internal power, violates the assumptions of the Democratic State Law and Public Administration and does not contribute to the functional qualification of the judicial career.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectFunções comissionadaspor
dc.subjectInteresse públicopor
dc.subjectRelações de poderpor
dc.subjectFunctions commissionedeng
dc.subjectPublic interesteng
dc.subjectPower relationseng
dc.titleAs funções e cargos em comissão no judiciário federal: do ultrapassado clientelismo à efetiva motivação funcionalpor
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localPolo de Picada Café, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationGestão Pública, EaDpor
dc.description.resumoAs Funções Comissionadas e Cargos em Comissão são cargos públicos previstos em lei, de livre nomeação e exoneração, no Poder Judiciário Federal ocupados em sua quase totalidade por servidores concursados pertencentes ao quadro permanente. Pretende-se com este estudo formular uma análise crítica da forma discricionária de acesso às Funções Comissionadas (FCs) e Cargos em Comissão (CJs) e sua relação com os aspectos culturais do órgão; com a motivação e a satisfação na carreira judiciária; com a gestão de pessoas e as relações de poder; com os processos de trabalho e as funções gerenciais; com a impessoalidade e o interesse público no Estado Democrático de Direito. Analisando os fenômenos pesquisados, concluímos estar diante de uma sistemática que não privilegia a motivação e a satisfação funcionais, que reforça relações autoritárias de poder interno, desrespeita premissas do Estado Democrático de Direito e da Administração Pública e não contribui para a qualificação funcional na carreira judiciária.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO PUBLICApor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Sociais e Humanaspor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

  • Gestão Pública - EaD [303]
    Coleção dos trabalhos de conclusão do Curso de Especialização em Gestão Pública - EaD

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.