Show simple item record

dc.contributor.advisorBalieiro, Fernando de Figueiredo
dc.creatorSalamoni, Marcelo Simionato
dc.date.accessioned2020-09-30T12:08:34Z
dc.date.available2020-09-30T12:08:34Z
dc.date.issued2020-09-11
dc.date.submitted2020
dc.identifier.citationSALAMONI, M. S. Corpo, fitness e publicidade: uma análise da Gabriela Pugliesi nas plataformas digitais. 2020. 41 p. Artigo de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências Sociais)- Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, 2020.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/20034
dc.descriptionArtigo de conclusão de curso (graduação) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Curso de Licenciatura em Ciências Sociais, RS, 2020.por
dc.description.sponsorshipFAPERGSpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectFitnesseng
dc.subjectMídias digitaispor
dc.subjectDisciplinamento corporalpor
dc.subjectPublicidadepor
dc.titleCorpo, fitness e publicidade: uma análise da Gabriela Pugliesi nas plataformas digitaispor
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Graduaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasilpor
dc.degree.graduationLicenciatura em Ciências Sociaispor
dc.description.resumoNeste artigo discute-se acerca do discurso fitness na era das plataformas digitais, buscando analisar como ele é articulado nos usos de distintas plataformas por uma influenciadora digital. A pesquisa se volta à construção do corpo, para isso articulando questões de gênero e de disciplinamento social ao discurso publicitário, e aos novos imperativos digitais. Para tanto, aplica-se a análise semiológica desenvolvida por Eco (1976) nas postagens do Instagram e do YouTube da musa fitness Gabriela Pugliesi buscando analisar como suas postagens movimentam o discurso fitness e articulam o discurso publicitário, criando um corpo normalizado e associado ao estilo de vida da influenciadora. Os resultados da pesquisa mostram que a influenciadora associa os produtos divulgados por ela, com o seu corpo, vendendo, assim, sua intimidade e seu cotidiano ao performar um estilo de vida feliz e luxuoso, associado à compra dos produtos divulgados em suas páginas. Além disso, argumentamos que este discurso em torno da corporalidade da influenciadora concebida como digna de ser desejada e cobiçada, é realizado em detrimento dos outros corpos fora desta norma, por sua vez, considerados passíveis de normalização com disciplinamento dietético, corporal, e com a aquisição dos produtos divulgados.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIApor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Sociais e Humanaspor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.