Show simple item record

dc.creatorBastos, Thiane Helena
dc.date.accessioned2021-07-30T17:48:09Z
dc.date.available2021-07-30T17:48:09Z
dc.date.issued2020-03-04
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/21650
dc.description.abstractShort marketing channels are characterized as strategies for social and economic reproduction of family farmers. There is an increase in the consumption trend for products that travel a shorter route, produced by hand, considered more natural and coming from local farmers. This dissertation includes the extent to which FEPRAF / Júlio de Castilhos / RS has been contributing to the construction of food references, guided by the offer of products from family farming and agrarian reform. It identifies the importance of FEPRAF in the production and commercialization of family farming products within the context of employer agriculture in the municipality of Júlio de Castilhos / RS; The historical process of organization of FEPRAF is reconstituted, identifying the institutions present, their objectives and ways of acting; It is identified how the producers organize themselves in the production, for the offer of the products commercialized in FEPRAF, identifying their motivations; It presents the motivations of consumers for consumption of products sold at FEPRAF / Júlio de Castilhos-RS and the contribution of FEPRAF in the construction of food references based on family farming products. The research presents a qualitative and quantitative approach, using as instruments of data collection interviews with qualified informants, IBGE data analysis, participatory methodology and application of questionnaires. With the research it is observed that the municipality has in its inheritance the extensive livestock, followed by the production of grains where the culture of wheat and soy stands out. With the arrival of the settlements, the diversification of production begins, where farmers start to produce products for self-consumption and to sell the surplus. There are also areas of soy production in the summer and beef cattle in the winter developed mainly by employer agriculture and milk and soy production developed in the agrarian reform settlements. With the diversification, the process of creating fairs begins with the objective of selling this production. There are seven fairs over the 128 years in the municipality and through the specific study of FEPRAF the history is identified, from the achievements to the difficulties faced during its six years of existence. Among the motivations of marketers for marketing at the fair, the factors of income and sociability stand out. Regarding the motivations of consumers for consumption at the fair, it is noted that the relationship between marketers and consumers goes beyond the simple act of buying and goes through bonds of friendship and even the social validation of quality. For them, quality is measured by extrinsic factors (visual aspects), intrinsic factors (particularities) and subjective to the product (sensations). The fair contributes to consumers' eating habits, as they offer products considered healthier, handcrafted, homemade, healthy, fresh, with good looks and better quality, thus forming the benchmarks for food. It is concluded that there is the construction of a space that is building food references and FEPRAF materializes this movement based on the return of quality and the search for products that take a shorter path considered by consumers to be healthier.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectCircuitos curtospor
dc.subjectAgricultura familiarpor
dc.subjectReferenciais de alimentaçãopor
dc.subjectMarketeng
dc.subjectFamily farmingeng
dc.subjectPower referenceseng
dc.titleAs feiras de comercialização de produtos da agricultura familiar e a construção de referenciais de alimentação: o caso da FEPRAF em Júlio de Castilhos/RSpor
dc.title.alternativeThe fairs of commercialization of products of family agriculture and the construction of food references: the case of FEPRAF in Júlio de Castilhos / RSeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoOs circuitos curtos de comercialização caracterizam-se como estratégias de reprodução social e econômica dos agricultores familiares. Verifica-se o aumento da tendência de consumo por produtos que percorram um caminho mais curto, produzidos de forma artesanal, considerados mais naturais e advindos dos agricultores locais. Esta dissertação compreende em que medida a FEPRAF/Júlio de Castilhos/RS vem contribuindo para a construção de referenciais de alimentação, pautados pela oferta de produtos da agricultura familiar e reforma agrária. Identifica-se a importância da FEPRAF na produção e comercialização de produtos da agricultura familiar dentro do contexto da agricultura patronal no município de Júlio de Castilhos/RS; Reconstitui-se o processo histórico de organização da FEPRAF, identificando as instituições presentes, seus objetivos e formas de atuação; Identifica-se como os produtores se organizam na produção, para a oferta dos produtos comercializados na FEPRAF identificando suas motivações; Apresenta-se as motivações dos consumidores para consumo dos produtos comercializados na FEPRAF/Júlio de Castilhos-RS e a contribuição da FEPRAF na construção de referenciais de alimentação baseados nos produtos da agricultura familiar. A pesquisa apresenta uma abordagem quali-quantitativa, utilizando como instrumentos de coletas de dados entrevistas com informantes qualificados, análise de dados do IBGE, metodologia participativa e aplicação de questionários. Com a pesquisa observa-se que o município tem em sua herança a pecuária extensiva, seguido pela produção de grãos onde destaca-se a cultura do trigo e soja. A partir da chegada dos assentamentos inicia-se a diversificação da produção, onde os agricultores passam a produzir produtos para autoconsumo e comercializar o excedente. Também observa-se áreas de produção de soja no verão e gado de corte no inverno desenvolvida principalmente pela agricultura patronal e produção de leite e soja desenvolvida nos assentamentos da reforma agrária. Com a diversificação inicia-se o processo de criação de feiras com o objetivo de escoar esta produção. Constata-se sete feiras ao longo dos 128 anos no município e através do estudo específico da FEPRAF identifica-se o histórico, desde as conquistas até as dificuldades enfrentadas durante os seis anos de existência da mesma. Dentre as motivações dos feirantes para comercialização na feira destaca-se os fatores renda e sociabilidade. Quanto as motivações dos consumidores para consumo na feira, nota-se que as relações entre feirantes e consumidores vão além do simples ato de compra e perpassam para laços de amizade e até mesmo da validação social da qualidade. Para eles a qualidade é mensurada por fatores extrínsecos (aspectos visuais), intrínsecos (particularidades) e subjetivos ao produto (sensações). A feira contribui nos hábitos alimentares dos consumidores, pois segundo eles oferta produtos considerados mais saudáveis, artesanais, caseiros, sadios, frescos, com boa aparência e de melhor qualidade, formando assim os referenciais de alimentação. Conclui-se que existe a construção de um espaço que está construindo referenciais de alimentação e a FEPRAF materializa este movimento baseado no retorno da qualidade e da busca por produtos que percorram um caminho mais curto considerados pelos consumidores como mais saudáveis.por
dc.contributor.advisor1Guimarães, Gisele Martins
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5761884963281404por
dc.contributor.referee1Balem, Tatiana Aparecida
dc.contributor.referee2Ugalde, Mariane Lobo
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8296404633168952por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.departmentExtensão Rural e Desenvolvimentopor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Extensão Ruralpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::EXTENSAO RURALpor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Ruraispor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.