Show simple item record

dc.creatorSantos, Vilson Flores dos
dc.date.accessioned2015-04-27
dc.date.available2015-04-27
dc.date.issued2014-08-22
dc.identifier.citationSANTOS, Vilson Flores dos. THE EMERGENCE OF missionary agribusiness IN RIO GRANDE DO SUL AND the gastronomic.. 2014. 262 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2014.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/3819
dc.description.abstractThis thesis that has the central theme the emergence of missionary agriculture in Rio Grande do Sul and the gastronomic derivations, aiming to investigate the development of husbandry and agricultural missionary, the gastronomic heritage manifested in production practices and social organization, as well as in food culture that produced and remains in ―gaucho‖ universe, demonstrating how this has being transformed in the historical process. The theoretical framework used to aid in the understanding of this work is based on the Historical-Critical Theory proposed by Professor Demerval Saviani. From this framework, it makes possible an interpretation of the different historical periods experienced in this missionary space and each observe agricultural practices and products consumed throughout the historical process. The methodological approach taken to this research is the dialectical movement, and with the written analysis of the period of ―Sete Povos das Missões‖. Understanding the agricultural missionary from its origin initially pervaded the study of historical analysis where the main theoretical models of agriculture were presented to assist in understanding the relationship of this with gastronomy. The sequence was analyzed forms of cultivation, and culinary variations, provided by agents who cultivated this agricultural space at different times, observing the structures and processes that are consistent or logical by the evidence of the analysis theory of the object of study. Then we aimed to conceptualize the missionary agriculture, not only of literary definitions of farming, but hard data, empirical, leaving aside the imaginary conception of history, to address the dynamic view, objective, ultimately, by the degree of economic development, and their gastronomic and social implications. Finally, was made an approach to agriculture, gastronomy, and cultural events (dance, music, festivals, literature, folklore, art and some food.) that people produce and participate actively where the traditions and costumes come and that are passed down from generation to generation, especially orally. As a result confirms the thesis of gastronomic improvement from the eating habits of the natives. Also confirms the fundamental contribution of the agriculture and husbandry in missionary region. I point also the importance that had and still has the culinary knowledge transmitted by many ethnic groups that inhabited and partly still inhabit the region. In the actual time, this confirms the strong influence of missionary cuisine in various menus as transmission of knowledge that is still alive.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAgropecuáriapor
dc.subjectGastronomiapor
dc.subjectMissõespor
dc.subjectTransformaçõespor
dc.subjectAgribusinesseng
dc.subjectGastronomyeng
dc.subjectMissionseng
dc.subjectTransformationeng
dc.titleO SURGIMENTO DA AGROPECUARIA MISSIONEIRA NO RIO GRANDE DO SUL E AS DERIVAÇÕES GASTRONOMICASpor
dc.title.alternativeTHE EMERGENCE OF missionary agribusiness IN RIO GRANDE DO SUL AND the gastronomic.eng
dc.typeTesepor
dc.description.resumoA presente tese que tem como temática central o surgimento da agropecuária missioneira no Rio Grande do sul e as derivações gastronômicas, tendo como objetivo investigar no desenvolvimento da agropecuária missioneira, a herança gastronômica manifestada nas práticas de produção e na organização social, bem como, na cultura alimentar que esta produziu e se mantém no universo gaúcho, demonstrando como esta tem se transformado no processo histórico. A estrutura teórica utilizada para auxiliar na compreensão deste trabalho está baseada na Teoria Histórico-Critica proposta pelo professor doutor Demerval Saviani. A partir deste referencial, faz-se possível, uma interpretação sobre os diferentes períodos históricos vivenciados neste espaço missioneiro e em cada um deles observar as práticas agropecuárias e os produtos consumidos ao longo do processo histórico. A opção metodológica feita para esta investigação é o movimento dialético, e tendo como escrita de análise o período compreendido como Sete Povos das Missões. A compreensão da agropecuária missioneira desde sua origem perpassou inicialmente pelo estudo da analise histórica onde foram apresentados os principais modelos teóricos da agropecuária de modo a auxiliar a compreensão da relação desta com a com a gastronomia. Na seqüência foi analisada as formas de cultivo, e as variações gastronômicas, proporcionadas pelos agentes que cultivaram este espaço agrário em diferentes épocas, observando as estruturas e os processos que apontaram serem coerentes ou lógicos, pela evidência da teoria de análise sobre o objeto de estudo. Buscou-se então conceituar a agropecuária missioneira, não só das definições literarias sobre a agropecuária, mas de dados concretos, empíricos, deixando de lado a concepção imaginária da história, para abordar uma concepção dinâmica, objetiva, em última análise, pelo grau de desenvolvimento econômico, e suas implicações sociais e gastronômicas. Por fim, foi feita uma abordagem da agropecuária, e a gastronomia, e as manifestações culturais (dança, música, festas, literatura, folclore, arte e alguns alimentos.), que o povo produz e participa de forma ativa, onde surgem as tradições e costumes que são transmitidas de geração para geração, principalmente, de forma oral. Como resultado confirma-se a tese da melhoria gastronômica a partir dos habitos alimentares dos nativos. Confirma-se também a contribuição fundamental da agropecuária da região missoneira, resalta-se também a importancia que teve e ainda tem os conhecimentos culinários transmitidos pelas diveras etnias que habitaram e em parte ainda habitam a região. Confirma-se na contemporaniedade a forte influencia desta culinaria missoneira nos mais diversos cardapios como transmissão de um conhecimento que ainda permanece vivo.por
dc.contributor.advisor1Hillig, Clayton
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4260796E7por
dc.contributor.referee1Barcelos, Valdo Hermes de Lima
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4786092D6por
dc.contributor.referee2Grings, Venice Teresinha
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4167081A6por
dc.contributor.referee3Araujo, Luiz Ernani Bonesso de
dc.contributor.referee3Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783186E2por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7111614397985495por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentAgronomiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Extensão Ruralpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.