Show simple item record

dc.contributor.advisorMousquer, Maria Elizabete Londero
dc.creatorSilva, Morgana Paula Vale Rodrigues da
dc.date.accessioned2014-08-25T18:38:05Z
dc.date.available2014-08-25T18:38:05Z
dc.date.issued2010-12-17
dc.date.submitted2010
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/394
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação, Curso de Especialização em Gestão Educacional, EaD, CE, 2010.por
dc.description.abstractThis monograph addresses key issues of education, democracy, autonomy, access, and quality. Key points to consider building a school for the social interests of our nation, whose development will be measured by the quality of service we provide in our schools. During the preparation of our considerations start with the premise that democracy is the foundation of all social and pedagogical practice par excellence. Where there intolerance, authoritarianism, there are no specific conditions for growth. We emphasize the importance of effective participation of all segments that are part of the school in teaching and learning process, voting, being voted by watching, being aware of their rights and duties. Another object of our reflection is the question of access and permanence in school, which should create conditions to facilitate the large inflow of the child and his / her stay, working in favor of an autonomous and creative, giving it the necessary for your personal and professional development. In the final part of our thesis, we analyze the possibilities for expansion of school autonomy within the limits of existing legislation. We base our arguments on the Constitution of 88, the LDB and the law establishing a minimum compensation for teaching national, aiming to rescue one of the greatest social injustices of our country: the lack of due recognition and appreciation of the teacher. Quality education does not exist without recognizing the role that the teacher has, without a proper qualification, training and salaries continued to allow it to develop as a professional.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectGestão escolarpor
dc.subjectAutonomiapor
dc.subjectDemocraciapor
dc.titleGestão democrática: repensando a autonomia da escola frente às novas possibilidades legaispor
dc.title.alternativeDemocratic management: rethinking the possibilities of school autonomy against new legal possibilitieseng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localPolo de Fortaleza, CE, Brasilpor
dc.degree.specializationGestão Educacional, EaDpor
dc.description.resumoO presente trabalho monográfico aborda questões centrais de educação: democracia, autonomia, acesso, permanência e qualidade. Consideramos pontos chaves para a construção de uma escola voltada para os interesses sociais de nossa nação, cujo desenvolvimento será medido pela qualidade do serviço que prestamos em nossas escolas. Durante a elaboração de nossas reflexões partimos da premissa de que a democracia é o alicerce de toda prática social e da pedagógica por excelência. Onde reina a intolerância, o autoritarismo, não existem condições concretas de crescimento. Ressaltamos a importância da participação efetiva de todos os que fazem parte dos segmentos da escola no processo de ensino aprendizagem, votando, sendo votado, fiscalizando, sendo consciente de seus direitos e deveres. Outro objeto de nossa reflexão é a questão do acesso e da permanência do aluno na escola, que deve criar amplas condições para facilitar o ingresso da criança, bem como a sua permanência, trabalhando em prol de um sujeito autônomo e criativo, dando-lhe instrumentos para o seu desenvolvimento pessoal e profissional. Na parte final de nossa monografia, analisaremos as possibilidades de ampliação da autonomia escolar nos limites da legislação em vigor. Baseamos nossas argumentações na Constituição Federal de 88, na LDB e a Lei que estabelece uma remuneração mínima para o magistério nacional, objetivando resgatar uma das maiores injustiças sociais de nosso país: a falta de reconhecimento e da devida valorização do professor. Educação de qualidade não existe sem o reconhecimento do papel que o professor exerce, sem uma qualificação adequada, uma formação continuada e salários que lhe permitam desenvolver-se como profissional.por
dc.publisher.unidadeCentro de Educaçãopor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

  • Gestão Educacional - EaD [951]
    Coleção dos trabalhos de conclusão do Curso de Especialização em Gestão Educacional - EaD

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.