Show simple item record

dc.contributor.advisorPereira Filho, Waterloo
dc.creatorLuz, Glênio Antônio da
dc.date.accessioned2014-09-17T15:19:59Z
dc.date.available2014-09-17T15:19:59Z
dc.date.issued2005-03-15
dc.date.submitted2005
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/478
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Naturais e Exatas,Curso de Especialização em Geociências, RS, 2005.por
dc.description.abstractIn the past the development of the society almost depended that totally of the agricultural section and even in the present it consists of an important activity. As the areas were increased for the agriculture were also reduced the areas of forests, this fact is visible through the observation of the terrestrial surface. With the reduction of the areas of forests if he/she had a reduction in the control of the flow and of the erosion of Microbacia Hidrográfica of Sanga of the Sandbank, this easiness to cause the increase of the flow picks and assoreamento of the bed of the courses hídricos resulting in inundations and losses of fertile soil for the erosion. This work has as main objective to identify the vegetation classes in the microbacia hidrográfica through NDVI (Index Differentiated Normalized of Vegetation) done with the images of the satellite Landsat 7, Sensor ETM+ of the year of 2000. They were established the following classes: exposed soil, I sole partially exposed, fields, vegetation arbustivas and arboreal vegetation. It was observed that there is the domain of fields following by vegetation arbustiva, soil with little vegetation, arboreal vegetation and I totally sole exposed of the class fields it was observed that in the area the predominant economical activity is the livestock following by the agriculture, however the most important class for the balance and the stability of the microbacia hidrográfica is the class of arboreal vegetation x and vegetation arbustiva, for they be class that you/they delay the effect amount of water of the rains.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectGeociênciaspor
dc.subjectGeografiapor
dc.subjectSensoriamento remotopor
dc.subjectBacia hidrográficapor
dc.titleAvaliação de áreas de preservação permanente a partir da caracterização da vegetação na microbacia hidrográfica da Sanga da Restinga-RSpor
dc.title.alternativeEvaluation of areas of permanent preservation Starting from the characterization of the vegetation in microbacia hidrográfica of Sanga da Restinga- RS.eng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasil.por
dc.degree.specializationGeociênciaspor
dc.description.resumoNo passado o desenvolvimento da sociedade dependia quase que totalmente do setor agrícola e até mesmo no presente consiste em uma atividade importante. Conforme foram aumentadas as áreas para a agricultura também foram reduzidas as áreas de matas, este fato é visível através da observação da superfície terrestre. Com a redução das áreas de matas se teve uma redução no controle da vazão e da erosão da Microbacia Hidrográfica da Sanga da Restinga, esta despreocupação poder ocasionar o aumento dos picos de vazão e assoreamento do leito dos cursos hídricos resultando em enchentes e perdas de solo fértil pela erosão. Este trabalho tem como objetivo principal identificar as classes de vegetação na microbacia hidrográfica através do NDVI (Índice Diferenciado Normalizado de Vegetação) feitas com as imagens do satélite Landsat 7, Sensor ETM+ do ano de 2000. Foram estabelecidas as seguintes classes: solo exposto, solo parcialmente exposto, campos, vegetações arbustivas e vegetações arbóreas. Observou-se que há o domínio de campos seguido de vegetação arbustiva, solo com pouca vegetação, vegetação arbórea e solo totalmente exposto da classe campos observou-se que na área a atividade econômica predominante é a pecuária seguida da agricultura, entretanto a classe mais importante para o equilíbrio e a estabilidade da microbacia hidrográfica é a classe de vegetação arbórea e vegetação arbustiva, por serem classe que retardam o efeito quantidade de água das chuvas.por
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Naturais e Exataspor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

  • Geociências [20]
    Coleção de trabalhos de conclusão do Curso de Especialização em Geociências

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.