Show simple item record

dc.creatorAntunes, José Adilson Santos
dc.date.accessioned2014-02-04
dc.date.available2014-02-04
dc.date.issued2012-12-17
dc.identifier.citationANTUNES, José Adilson Santos. DEMOCRATIC MANAGEMENT OF PUBLIC EDUCATION: NARRATIVES ABOUT THE CHOICE OF THE DIRECTOR AND THE CONSTITUTION OF THE SCHOOL BOARD OF SCHOOL AUTONOMY. 2012. 99 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2012.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/7046
dc.description.abstractThis paper presents a reflection on the early Democratic Management of Public Education in Rio Grande do Sul, highlighting the process of constitution of the School Boards and the choice of state school principals from the analysis of the speeches of former directors who participated and / or coordinated, in practice, the democratization of the public school. A brief evaluation of management education, democratic management and school autonomy to seek the foundations of this work, the opportunity for a reflection on the meaning and importance of the participation of the segments of the school community in school management as a principle of democratic management. The interviews with teachers who played the role of school principals in different historical moments of the implementation process of democratic management of public education, made the trek reveal the importance of the participation of parents, students, faculty and staff in the management of public schools and strengthening the autonomy of the school, founded in the Constitutions and laws of education, whose main stronghold Law of Guidelines and Bases of National Education, LDBEN n. 9.394/96. The narratives focused since the proposed changes in school management in 1995, through the first process of nominating directors by the vote of the school community and the changes implemented in 2001 in the Democratic Management Act on Public Education, Law 10.576/1995, which reflected the electoral process in schools since 2003, reported the role of the School Board in school management and strengthening of school autonomy, especially in the financial aspect, emphasized the weakening of participation in some segments, especially parents, whose presence in school longer to be frequent to be sporadic in the process of making decisions spurred by the School Board, and stressed the need to improve the process of election of directors, respecting the differences between segments, valuing education professionals, whose commitment to the project's success proposed school is essential for the effective implementation of the plan indicated direction. And before that, a content analysis of the narratives, in rescuing the implementation process of the Democratic Management of Public Education, from two school realities in different historical moments, we seek to identify how the choice of the director and the establishment of the School Board are important strengthening the autonomy of educational institutions, with a focus on decision-making by the community.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectGestão democráticapor
dc.subjectEleiçãopor
dc.subjectAutonomiapor
dc.subjectDemocratic Managementeng
dc.subjectElectioneng
dc.subjectAutonomyeng
dc.titleGESTÃO DEMOCRÁTICA DO ENSINO PÚBLICO: NARRATIVAS SOBRE A ESCOLHA DO DIRETOR E A CONSTITUIÇÃO DO CONSELHO ESCOLAR NA AUTONOMIA DA ESCOLApor
dc.title.alternativeDEMOCRATIC MANAGEMENT OF PUBLIC EDUCATION: NARRATIVES ABOUT THE CHOICE OF THE DIRECTOR AND THE CONSTITUTION OF THE SCHOOL BOARD OF SCHOOL AUTONOMYeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoO presente trabalho traz uma reflexão sobre o início da Gestão Democrática do Ensino Público no Rio Grande do Sul, destacando o processo de constituição dos Conselhos Escolares e da escolha dos diretores das escolas estaduais a partir da análise das falas de ex-diretores que participaram e/ou coordenaram, na prática, o processo a democratização da escola pública. Uma breve conceituação sobre gestão da educação, gestão democrática e autonomia escolar procuram dar os fundamentos deste trabalho, oportunizando uma reflexão em torno do significado e da importância da participação dos segmentos da comunidade escolar na gestão da escola como princípio de gestão democrática. As entrevistas realizadas com professores que desempenharam a função de diretores de escola em diferentes momentos históricos do processo de implementação da gestão democrática do ensino público, revelam a caminhada realizada, a importância da participação de pais, alunos, professores e funcionários na gestão da escola pública e no fortalecimento da autonomia da instituição escolar, fundamentada nas Constituições e na legislação educacional, tendo como principal baluarte a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, LDBEN n.º 9.394/96. As narrativas focaram desde a proposta de mudanças na gestão escolar em 1995, passando pelo primeiro processo de indicação de diretores pelo voto da comunidade escolar e pelas mudanças implementadas em 2001 na Lei da Gestão Democrática do Ensino Público, Lei 10.576/1995, que refletiram no processo eleitoral das escolas a partir de 2003; relataram o papel relevante do Conselho Escolar na gestão da escola e no fortalecimento da autonomia escolar, principalmente no aspecto financeiro; destacaram o enfraquecimento da participação de alguns segmentos, especialmente dos pais, cuja presença na escola deixou de ser frequente para ser esporádica no processo de tomada de decisões dinamizado pelo Conselho Escolar; e salientaram a necessidade de melhorar o processo de eleição de diretores, respeitando as diferenças entre os segmentos, valorizando os profissionais da educação, cujo compromisso com o sucesso do projeto proposto para a escola é essencial para a efetiva realização do plano de direção do indicado. E diante disso, numa análise do conteúdo das narrativas, no resgate ao processo de implementação da Gestão Democrática do Ensino Público, a partir de duas realidades escolares em momentos históricos diferentes, buscamos identificar o quanto a escolha do diretor e a constituição do Conselho Escolar são importantes no fortalecimento da autonomia da instituição educativa, com foco na tomada de decisões pela coletividade.por
dc.contributor.advisor1Cunha, Jorge Luiz da
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4793413Y6por
dc.contributor.referee1Werle, Flávia Obino Corrêa
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783259E4por
dc.contributor.referee2Henz, Celso Ilgo
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4775823E8por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4397972510373879por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentEducaçãopor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.