Mostrar registro simples

dc.creatorRech, Andréia Jaqueline Devalle
dc.date.accessioned2017-11-14T11:04:03Z
dc.date.available2017-11-14T11:04:03Z
dc.date.issued2016-12-06
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/12033
dc.description.abstractSchool inclusion has been a challenge for many teachers who work on regular school classrooms. A number of factors hinder the pedagogical practice of these teachers in their teaching with students who are the target audience of special education. Besides, it is observed that, when dealing with school inclusion of gifted and talented students (G/T), there is resistance from some teachers. This fact lies on the lack of knowledge about the theme of G/T, which may occur due to the wrong conceptions socially widespread, adding to that an incipient initial education in relation to G/T students. Accordingly, it is necessary to create support networks so that school inclusion of G/T students becomes effective. In this sense, the family could be a support network and set up a partnership with the school. Thus, both can articulate and organize a collaborative work on behalf of school inclusion of the G/T child. After reflecting about the situation exposed, this study proposes the following thesis: school inclusion of the G/T child can be effective when family and school act in conjunction in this process, eliminating/diminishing the barriers that hinder this partnership, since the family can influence the school inclusion of the G/T child. This study included 12 families with children identified as G/T more than a year ago, and regularly attended the Giftedness Incentive Program (GIP) during the year of 2014, seven special educators, six teachers from early grades and five counseling teachers that, in the year of 2015, worked with G/T students. Regarding the method, the study case within the qualitative approach was chosen. The instruments of data collection selected were: narrative interview, Questionnaire of Family System Characterization Version – Parents or Guardians (DESSEN, 2011), Checklist of Shared Routine and Engagement between Family-school, Version for Teachers, and Checklist of Shared Routine and Engagement between Family-school, Version for Parents (mother, father, or guardian), both validated by Dessen and Polonia (2011). The interviews were analyzed qualitatively and from the analysis of frequency, through categories already defined by the authors of the instrument. The final considerations point to a relation between family and school that is still incipient, due to the fact that some barriers/constraints were identified, having prevailed an accusative relationship, which may be hindering the construction of a partnership relation. There were specific cases in which there was conjunction between both institutions, and that result in greater influence/participation of the family in the school life of the G/T child. Therefore, the study raises the need to offer continuous education for both the family and the school, aiming at broadening the debate regarding the importance that both have in creating a support network so that, together, they can articulate actions on behalf of school inclusion of the child who is also a G/T student.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectFamíliapor
dc.subjectAltas habilidades/superdotaçãopor
dc.subjectInclusão escolarpor
dc.subjectPrograma de Incentivo ao Talento – PITpor
dc.subjectFamilyeng
dc.subjectGifted and Talentedeng
dc.subjectSchool inclusioneng
dc.subjectGiftedness Incentive Program – GIPeng
dc.titleRelação família-escola: uma parceria para a inclusão de alunos com altas habilidades/superdotaçãopor
dc.title.alternativeRelation school-family: a partnership for inclusion of gifted and talented studentseng
dc.typeTesepor
dc.description.resumoA inclusão escolar tem sido um desafio para muitos professores que atuam nas classes regulares de ensino. Diversos fatores dificultam a prática pedagógica desses em sua atuação com os alunos que constituem o público-alvo da educação especial. Além disso, observa-se que, quando se trata da inclusão escolar dos alunos com altas habilidades/superdotação (AH/SD), há resistência por parte de alguns professores. Esse fato reside no desconhecimento da temática das AH/SD, decorrente, possivelmente, das concepções equivocadas difundidas socialmente, somado a uma formação inicial incipiente no que se refere aos alunos com AH/SD. Sendo assim, é necessário formar redes de apoio para que se efetive a inclusão escolar do aluno com AH/SD. Nesse sentido, a família pode ser uma rede de apoio e tornar-se parceira da escola. Assim, ambas podem se articular e organizar um trabalho colaborativo em prol da inclusão escolar do filho/aluno com AH/SD. Após refletir sobre as situações expostas, propõem-se a seguinte tese: a inclusão escolar do filho/aluno com AH/SD será efetivada quando a família e a escola atuarem de forma articulada nesse processo, eliminando as barreiras que dificultam essa parceria, uma vez que a família constitui-se como influente na inclusão escolar do filho com AH/SD. Para verificar a tese, o objetivo geral foi compreender a articulação entre família e escola, verificando as barreiras que dificultam essa parceria, além de visualizar possíveis influências da família no processo de inclusão escolar do filho/aluno com AH/SD. Participaram da pesquisa 12 famílias com filhos identificados com AH/SD há mais de um ano e que foram assíduos durante o ano de 2014 no Programa de Incentivo ao Talento (PIT), sete educadores especiais, seis professores dos anos iniciais e cinco professoras conselheiras que, no ano de 2015, atuaram com os alunos com AH/SD. Em relação ao método, optou-se pela abordagem qualitativa, do tipo estudo de caso. Os instrumentos de coleta de dados selecionados foram: entrevista narrativa, Questionário de Caracterização do Sistema Familiar Versão – Pais ou Responsável (DESSEN, 2011), Checklist da Rotina Compartilhada e Envolvimento entre Família-escola, Versão para Professores e Checklist da Rotina Compartilhada e Envolvimento entre Família-escola Versão Pais (mãe, pai ou responsável), ambos validados por Dessen e Polonia (2011). As entrevistas foram analisadas de forma qualitativa/descritiva articulada com o referencial teórico que subsidiou a tese. Os Checklists foram analisados qualitativamente e a partir da análise de frequência, por meio de categorias já determinadas pelas autoras dos instrumentos. As considerações finais apontam para uma relação entre família e escola ainda incipiente, pois algumas barreiras/entraves foram identificadas, tendo prevalecido uma relação acusativa, o que pode estar dificultando a construção de uma relação de parceria. Foram pontuais os casos em que houve uma articulação entre ambas as instituições e que tenham como resultado maior influência/participação da família na vida escolar do filho com AH/SD. Portanto, sinaliza-se a necessidade de ofertar uma formação continuada tanto para a escola quanto para a família, visando ampliar o debate para a importância de ambas formarem uma rede de apoio para que juntas articulem ações em prol da inclusão escolar do filho que também é aluno com AH/SD.por
dc.contributor.advisor1Freitas, Soraia Napoleão
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8605918251808106por
dc.contributor.referee1Chacon, Miguel Claudio Moriel
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3168297318782887por
dc.contributor.referee2Pérez, Susana Graciela Pérez Barrera
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/8852536944800709por
dc.contributor.referee3Munhóz, Maria Alcione
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/8152442171177224por
dc.contributor.referee4Vieira, Nara Joyce Wellausen
dc.contributor.referee4Latteshttp://lattes.cnpq.br/2447346437976428por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1466299485673901por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.departmentEducaçãopor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.publisher.unidadeCentro de Educaçãopor


Arquivos deste item

Thumbnail
Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples

Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Exceto quando indicado o contrário, a licença deste item é descrito como Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International